Par Jorge Alberto Colorado Comparini 

A Coordenação de ONGs e Cooperativas da Guatemala, com o apoio de Forus, criou um Centro Virtual de Formação para desenvolver as capacidades de seus membros, assim como um diploma piloto para validar a plataforma criada.
O Centro Virtual de Formação foi desenvolvido em uma plataforma Moodle, escolhida por ser de fácil utilização e ter muitas opções técnicas que favorecem seu uso. Da mesma forma, optou-se pelo uso de servidores públicos virtuais por serem mais baratos e seguros no armazenamento das informações. Esta primeira fase do projeto foi altamente técnica, permitindo o conhecimento do desenvolvimento deste tipo de plataformas.

Posteriormente, foi desenvolvido um curso sobre Liderança em ONGs, o tema foi carregado na plataforma, vários membros foram convidados a participar, e o bom funcionamento da plataforma foi validado. Os dois principais objetivos do curso de diploma piloto são  fornecer conhecimento aos participantes e aprender a utilizar a plataforma recém-criada.

Aprendemos que para ter uma boa plataforma para aprendizagem digital é necessário ter uma boa base técnica, assim como dedicar tempo à formatação e criação da plataforma. Pensar no use que será dado e criar espaços que possam cobrir as necessidadesCom a criação da plataforma, aprendemos também a importância de validá-la, por isso decidimos preparar um diploma piloto.  A plataforma criada teve alguns problemas técnicos, que foram resolvidos ao longo de sua implementação. O período de teste da plataforma é essencial para o seu bom funcionamento. 

Identificamos a necessidade de manter a plataforma atualizada e dinâmica, pois, com tantas outras opções, os meios digitais costumam ser esquecidos pelos participantes porque eles têm muitas outras opções e é preciso mantê-los na mente do usuário.

 A criatividade constante é uma necessidade da pessoa que administra a plataforma ou pelo menos da pessoa que coordena algum tipo de diploma virtual. É preciso ter uma metodologia apropriada para a educação virtual e dedicar tempo suficiente para o aconselhamento personalizado a cada participante, de modo a avaliá-lo e mantê-lo interessado enquanto ao conhecimento que está adquirindo. 

Fazer vídeos apropriados, selecionar o material adequado, definir a metodologia a ser utilizada e coordenar o professor virtual com as políticas da instituição é um trabalho que leva tempo e requer uma pessoa com a necessária habilidade virtual, que esteja constantemente atualizando a plataforma com os devidos requisitos.

Da mesma forma, a dinâmica do trabalho com os jovens é diferente de uma forma presencial para uma forma virtual, os jovens são exigentes e é necessário contemplar uma metodologia particular. 

Considerando a atual situação da COVID 19, este tipo de plataforma será de grande ajuda para alcançar o objetivo educacional de nossa instituição.

Jorge Alberto Colorado Comparini