Por Angel Mendoza, Equipa de comunicação de Forus

A ONU decidiu que o Fórum Político de Alto Nível (FPAN na sigla em inglês) e todos os eventos paralelos e exposições serão realizados virtualmente, dada a situação vinculada à COVID-19.  Desde que esta decisão foi tomada, Forus e os seus membros têm agido para garantir a participação da sociedade civil neste formato virtual da FPAN. Outros membros de Forus puderam contribuir aos Relatórios Nacionais Voluntários (RNV) nos seus países. No entanto, em outros países, infelizmente, a sociedade civil encontrou dificuldades para se envolver com governos que apresentam RNV em 2020. A informação seguinte inclui as últimas notícias e atualizações sobre o FPAN.

Atualização de eventos paralelos 

O primeiro FPAN virtual ou online suscita preocupação com a participação significativa das OSC. Muitos estão preocupados que as vozes das OSC sejam "silenciadas" ou excluídas. Por este motivo, um membro de Forus na Dinamarca, Globalt Fokus, juntamente com outras OSC, incluindo Forus, Ação para o Desenvolvimento Sustentável, Fingo e Civicus, elaborou uma carta de advocacia conjunta dirigida à ONU e aos seus Estados Membros. Que foi assinada por 500 organizações de 115 países. Pode encontrar esta carta conjunta aqui, e está convidado a divulgar a mensagem nas redes sociais usando o hashtag  #InclusiveUN.  

Sobre este tópico, Forus e o seu membro dinamarquês Globalt Fokus submeteram conjuntamente um evento paralelo à ONU juntamente com o governo dinamarquês, intitulado “Proteger o espaço cívico durante a pandemia de COVID-19: Examinar o papel que os ODS 16+ podem desempenhar na resposta às atuais ameaças”. Este evento paralelo visa alavancar o tema do FPAN 2020 “Entender a década de ação e entrega para o desenvolvimento sustentável” para avaliar as lacunas e oportunidades no ODS 16 para promover efetivamente o espaço cívico.  

Forus também está envolvida em candidaturas para quatro outros eventos paralelos e aguarda a confirmação da ONU durante as próximas semanas de que os mesmos foram aceites. Caso não sejam confirmados, estes eventos serão realizados como "eventos paralelos não oficiais" (datas e local exatos a determinar). 

Junte-se ao evento paralelo A4SD sobre “Inclusão de OSC no RNV” 
O evento paralelo de Forus /ADA sobre Objetivo de Monitorização 16 (e lançamento do relatório conjunto Objetivo 16 de Forus / ADA) 
Evento paralelo Objetivo 16 de Forus/ADA sobre Parcerias Inovadoras 
Evento paralelo SDG Watch Europe sobre Os impactos das coalizões OSC na implementação dos ODS no qual a CCIC (plataforma canadiana) participa como membro de Forus

Ações conjuntas de Forus e dos seus membros

Forus organizou dois workshops online dedicados ao FPAN: um Workshop de Advocacia a 25 de maio e um Workshop de Comunicação a 10 de junho, com o objetivo de partilhar experiências e ideias, planear melhor as nossas ações de advocacia e comunicação e identificar oportunidades para que os nossos membros possam ser mais visíveis.

Além disso, Forus preparou dois relatórios para serem lançados durante o FPAN - o primeiro destes relatórios sobre o Objetivo 16 está sendo produzido em conjunto com a nossa coalizão regional asiática, a ADA. Aproximadamente 16 plataformas nacionais de Forus irão contribuir com estudos de caso do espaço cívico nacional para este relatório sobre o Objetivo 16. Estes estudos de caso também irão examinar o impacto nas OSC das medidas de emergência introduzidas desde o início da pandemia global da COVID 19.

O segundo relatório que Forus está a produzir é sobre o Objetivo 17 e o Desenvolvimento de Capacidades da sociedade civil globalmente. e 17, para os quais estão a preparar o Estudo de Caso Espacial, juntamente com outros membros de Forus, para obter informações e comentários relevantes, mas especialmente para verificar quaisquer novas restrições do espaço cívico que tenham sido implementadas como parte das Medidas de Emergência introduzidas desde o início da pandemia global de COVID 19.

Resultados do sucesso na Finlândia, Eslovénia e Índia

O Gabinete do Primeiro Ministro Finlandês convidou o membro de Forus na Finlândia - a organização coordenadora das ONG nacionais de desenvolvimento Fingo - a liderar a reunião das opiniões e reflexões da sociedade civil sobre o progresso dos ODS a serem incorporados no RNV 2020 da Finlândia. Pode consultar os relatórios realizados e o RNV aqui. 

Dado este interesse do governo finlandês em integrar as vozes das OSC no RNV oficial, as OSC decidiram não elaborar um relatório paralelo em 2020.  A Finlândia apresentou pela primeira vez um RNV em 2016. Foi o primeiro país a dar espaço às OSC na sua delegação nacional, apresentando o RNV da Finlândia no FPAN da ONU.

A Eslovénia está a apresentar o seu segundo RNV este ano, Adriana Aralica, da SLOGA, disse que este ano a abordagem para o desenvolvimento do RNV foi muito mais abrangente do que a primeira em 2017. As consultas regionais integraram várias partes interessadas, incluindo as OSC. No entanto, como o primeiro rascunho não mencionou a temática Não Deixar Ninguém Para Trás (LNOB, na sigla em inglês) e a COVID-19 cancelou as restantes reuniões, as OSC decidiram elaborar um relatório paralelo, com a ajuda de Forus.

A Índia apresenta um segundo RNV este ano. As boas notícias são que o governo indiano incluiu as OSC  na elaboração do relatório, muito mais do que a primeira vez.  De acordo com Nivedita Datta Program Manager da VANI, membro de Forus na Índia, foram organizadas consultas temáticas em todo o país, sobretudo pelas OSC. São considerados atores chave para implementar e monitorizar os ODS.  No entanto, as OSC decidiram produzir um relatório, especialmente sobre a temática Não Deixar Ninguém Para Trás, para identificar quais intervenientes não foram incluídos