Na América Latina, os movimentos feministas tornaram-se mais fortes recentemente. No dia 25 de novembro, todos os anos o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres é comemorado em todo o mundo. Neste dia, violência contra as mulheres é denunciada e são exigidas políticas para erradicá-la. Na última década, houve um avanço no reconhecimento da igualdade de género. No entanto, pensar que a proteção dos direitos das mulheres é garantida pela igualdade formal é deixar de lado o facto de que essas regras, em quase todo o planeta, foram escritas por maiorias masculinas no poder legislativo. Além disso, a violência de gênero é nutrida por violências institucionais e estruturais, ações ou omissões realizadas pelo Estado e pelas suas autoridades, e às vezes são os próprios representantes do estado que perpetuam essa violência. 
ACCION, membro chileno de Forus, falou sobre a violência contra as mulheres nesses dois artigos que partilhamos abaixo.
http://accionag.cl/opinion/14120/
http://accionag.cl/opinion/temas/mujer-y-genero/