escrito por Joyce Soares, Coordenadora de Desenvolvimento de Capacidades e Membership da Forus


Em setembro passado e pelo segundo ano, a Forus reuniu 11 participantes das Plataformas Nacionais de ONGs de todo o mundo para participar no Programa de Desenvolvimento de Liderança (PDL). O programa começou com intercâmbios online, depois um workshop presencial de 4 dias em Santiago durante a Assembleia Geral da Forus., seguido de trocas online e um projeto de back-home. Todo o programa, incluindo o seminário de 4 dias, foi facilitado por M Doug Reeler, Senior Practitioner da Community Development Resource Association (CDRA).  


O Programa de Desenvolvimento de Liderança visa estimular o debate e o intercâmbio entre pares sobre liderança, mudança social e os papéis em evolução das plataformas nacionais de ONGs. O segundo ciclo reuniu 11 líderes de plataformas de OSCs, da Romênia, Hungria, Filipinas, Camboja, Kiribati, Espanha, Portugal, Uruguai, Colômbia, África do Sul e França, com o objetivo de estimular uma reflexão coletiva sobre a mudança social. Este programa foi uma oportunidade incrível para construir conhecimento coletivo, compartilhar ideias e levantar questões sobre os desafios da sociedade civil. Os participantes contribuíram, através de depoimentos e intercâmbios, para a elaboração de uma nova narrativa através de ideias inovadoras, reflexões e ações a serem implementadas para desencadear o potencial de desempenhar um papel fundamental na promoção da mudança social. 


Além disso, esta edição foi uma oportunidade única para os membros de todo o mundo aprenderem juntos para melhor trabalharem juntos e aprenderem sobre os seus próprios processos, desafios e restrições. Esta edição foi altamente participativa, envolvendo as experiências dos participantes para trazer novas ideias para a mesa e encontrar novas maneiras de lidar com o espaço cada vez menor da sociedade civil. O resultado positivo dos participantes realmente criou um impulso, para as Plataformas Nacionais, para trabalharem em conjunto e compartilharem as melhores práticas para aprenderem uns com os outros.